Destaques

Já ouviu falar da pantacourt, a nova tendência da moda primavera/verão 2016? Nem curta e nem comprida, a calça possui comprimento midi e assemelha-se aos bermudões. O corte no meio da canela merece atenção, pois a peça pode não favorecer a todo tipo de corpo.

A pantacourt foi um dos maiores destaques nas últimas semanas no quesito moda street style e aparece em várias cores e texturas. Para quem fica indecisa em usar, um dos segredos está na combinação com os sapatos. Os calçados baixos deixam a sensação de perna mais curta.

O comprimento da calça achata a silhueta? Então prefira sapatos que mostrem o peito do pé e o começo dos dedos ou no tom da sua pele para diminuir esse efeito. Vale ressaltar que bicos finos sempre trazem a sensação de pernas mais alongadas.

Para aumentar ainda mais o efeito de silhueta alongada, aposte numa terceira peça. Use cardigans ou blazers por cima (se forem compridos, acabando no quadril, disfarçam mais o volume do bumbum).

A pantacourt é volumosa, então se deseja diminuir a atenção para a parte de baixo do corpo, deixe o destaque do visual para a parte de cima com peças de cores vivas ou estampadas. Acessórios como maxi colares, echarpes e lenços também são uma boa!

Para as mulheres mais altas, as ankle boots combinam e fecham a proporção do look perfeitamente.

E aí, que tal incluir a pantacourt no seu guarda-roupas?

Tags: , , , , ,

Destaques

A primavera finalmente chegou e com ela todas as variações da moda masculina para a estação. Peças em tons de rosa e os sneakers brancos são os destaques. Confira:

Peças em tons de rosa: muitos homens ainda possuem um certo preconceito em usar rosa nos looks, mas essa cor está com tudo e quer saber o melhor? As mulheres adoram um homem charmoso vestindo rosa. O rosa quartzo, pastel e seus semelhantes já estão sendo usados por muitas marcas em camisetas, camisas, bonés, shorts e até jaquetas. Pode investir!

Sneaker e sapato sem cadarço: outros itens masculinos que estão bombando (principalmente nesta estação), são os tênis, sneakers, sapatos e botas sem cadarço. Modelos slip on, com velcro, tiras de elástico ou fivela chegam forte no street style das vitrines nacionais.

O terno (paletó, colete e calça) pode ser substituído pelo costume (apenas paletó e calça) nos dias mais quentes. O visual continua alinhado, com pegada mais jovem e misturando estilos, ideal para a estação. Esse traje ganha cada vez mais espaço sendo usado com sneakers brancos, de preferência modelos mais leves e para serem usados sem meias. A calça cropped também é uma alternativa para estilizar.

 

Vale lembrar também das alpargatas, que são uma ótima opção para os dias quentes por ser leve e versátil. Pra quem não curte muito usar chinelo no dia a dia, as alpargatas são boas substitutas.

Sobreposições: com peças mais leves, as sobreposições se mantêm no visual moderno primavera/verão. Lenços, coletes, suspensórios e camisas amarradas são as apostas – o que vale é colocar a criatividade no look. Para o trabalho ou um evento mais formal, o colete substitui muito bem o blazer. Já o lenço é ótimo para quem não quer passar despercebido.

Tags: , , ,

Destaques

Segurar a barra, fazer piada, saber dos seus segredos e apelidos que você não gosta e ainda estar juntos nos melhores e nos piores momentos da sua vida. Pois é, além disso, a amizade tem outra função importante: ela faz bem à saúde física e mental!

Pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte analisaram dados combinados de quatro pesquisas mostrando a rotina dos participantes desde a adolescência até a velhice, cruzando informações de indicadores essenciais que contribuem para o desenvolvimento de problemas de saúde como doenças cardíacas, acidente vascular cerebral e câncer.

Durante a adolescência, por exemplo, o isolamento social aumentou o risco de inflamação e do sedentarismo. Já os mais integrados socialmente obtiveram uma proteção maior contra a obesidade. Na velhice, por sua vez, o isolamento social mostrou-se prejudicial ao desenvolvimento e controle da hipertensão — mais do que o diabetes, o que também é confirmado por outro estudo, da Escola de Saúde Pública de Harvard, em que homens idosos com muitos amigos têm no sangue uma concentração muito menor da substância interleucina-6 (que causa inflamação e é considerada fator de risco para doenças cardiovasculares), em comparação com os homens mais solitários da mesma faixa etária.

E não para por aí: uma pesquisa australiana apontou que pessoas com uma rede estabelecida de amigos vivem 22% mais tempo do que aqueles que se isolam. Já a Harvard Medical School diz que quando um amigo está contente, a chance de você começar a rir à toa é de 60%. Ou seja, amigo é coisa pra se preservar!

Ok, você já entendeu o recado, certo? Aproveite cada oportunidade de juntar os amigos de infância e bora curtir a vida com mais saúde.

Tags: , , , ,