Alimentação, Bem-estar, Destaques, Saúde

26 ago

Mulheres e crianças têm mais tendência a anemia, diz pesquisa

às 17h25

Fadiga, falta de apetite, menor disposição para o trabalho, desânimo, palidez e dificuldade de aprendizagem. Esses são alguns dos sintomas que as pessoas que possuem deficiência de ferro no organismo, mais conhecida como anemia, sofrem e não diagnosticam o problema que é cada vez mais comum nos brasileiros.

De acordo com uma pesquisa recente, cerca de 20% das crianças (menores de 2 anos) e 29% das mulheres têm o problema. No caso delas, a explicação é a seguinte: devido a menstruação e gravidez, as mulheres precisam desse nutriente em quantidade até três vezes maior do que os homens.

Como a doença é silenciosa e apresenta sintomas não tão graves, a maioria das pessoas deixa de procurar tratamento. O problema dessa atitude é que, sem o ferro no organismo, as células vermelhas do sangue (hemácias) não distribuem o oxigênio no corpo de forma correta.

COMO TRATAR?

Primeiramente, é preciso acompanhamento médico especializado para detectar a doença. Um simples exame de sangue, por exemplo, pode diagnosticar o problema. Mas, como diz o ditado: “é melhor prevenir do que remediar”, não é mesmo? Fique de olho na alimentação e nas dicas abaixo:

- Consuma frutas cítricas (laranja, limão, acerola) diariamente, já que elas ajudam na absorção desse nutriente;
- Alimente o seu filho com leite materno, em vez do industrializado;
- Inclua mais grãos na sua dieta, como feijão e soja, e também carnes vermelhas e brancas, além de verduras de folhas escuras.

Tags: , ,

0 Comentários

Faça o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>