Alimentação, Destaques, Saúde

02 dez

Como incluir a gordura certa na sua alimentação?

às 18h01

Todos nós sabemos que o consumo de gordura em excesso é prejudicial para o nosso organismo, mas, é preciso lembrar que os seres humanos precisam da ingestão desse nutriente em sua alimentação, já que ele auxilia na absorção de vitaminas A, D, E e K, além de beneficiar o sistema imunológico e reprodutivo.

Como as doenças cardiovasculares constituem a principal causa de mortalidade no mundo e nos países em desenvolvimento, é preciso incluir alterações no estilo de vida, como a prática de exercícios e uma dieta adequada, para garantir mais saúde ao coração.

Fique atento aos tipos de gordura presentes nos alimentos para aumentar o HDL (colesterol bom) e reduzir o LDL (colesterol ruim):

- Ácidos graxos saturados: são os principais causadores da elevação de colesterol sanguíneo e estão presentes em alimentos de origem animal, como carnes gordurosas, leite integral e derivados (queijo amarelos, manteiga), polpa de coco, óleo de coco e dendê.

- Ácidos graxos trans: estão presentes principalmente em alimentos industrializados, como margarinas, biscoitos, bolos, pastéis, batata chips e sorvetes cremosos. Pode ser facilmente identificada nas informações nutricionais dos alimentos.

- Colesterol dietético: pode ser encontrado em alimentos de origem animal e possui menor efeito na elevação do colesterol sanguíneo quando comparado à gordura saturada. Está presente nas vísceras, frutos do mar, gema de ovo, pele de aves, embutidos e frios.

- Ácidos graxos monoinsaturados: são considerados benéficos para o organismo, visto que são de origem vegetal. Podem ser encontrados no azeite, óleo de canola, azeitonas, abacate, avelã, castanha do pará e amêndoa.

- Ácidos graxos poliinsaturados: são indispensáveis para o bom funcionamento do sistema imunológico. Representados pelas séries ômega 3 e ômega 6, o ômega 3 pode ser encontrado nas sementes/farinha de linhaça, óleo de peixes, salmão, arenque, atum e sardinha, ajudando e reduzem os triglicerídeos séricos e a pressão arterial em hipertensos. Já o ômega 6 está presente nos óleos vegetais, como o de milho e soja.

É importante lembrar que a manutenção do corpo inclui a prática da atividade física, além da dieta saudável. Ou seja, de nada adianta incluir os vegetais na sua alimentação se o consumo de gorduras for excessivo.

Fica a dica: aumente o consumo de peixes no lugar das carnes, introduza no cardápio diário as leguminosas, como castanhas, nozes ou amêndoas e também farinha de linhaça dourada, azeite, fibras alimentares e alimentos antioxidantes (vitaminas E e C, flavonóides, licopeno).

Fonte: Eu Atleta

Tags:

0 Comentários

Faça o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>