Destaques, Eventos

20 jul

COM QUE TÊNIS EU VOU?

às 18h58

Além da dedicação e disposição, para correr longas distâncias é preciso saber qual o tênis a ser utilizado. Certamente 10 em cada 10 corredores já viveu esse dilema: Que tênis escolher?

Com a aproximação da 2ª Meia Maratona Fast Run FlexPé Sport/Mogi News, que acontece no próximo dia 26, na Cidade, muitos praticantes da modalidade estão a procura do calçado perfeito para a prova.

Identificar o par de tênis ideal para a prática esportiva vai muito além da questão estética. Uma série de quesitos deve ser avaliada num calçado antes de você elegê-lo como o seu ‘parceiro’ de corrida.

Há 17 anos atuando no ramo de calçados, o gerente de vendas, Daniel Roberto Soares, afirma que o corredor amador deve buscar em um tênis primeiramente, o bem estar e o conforto. “Esses dois itens devem ser aliados à performance, independente do nível do corredor”, afirma ele.

O ponto de partida para a escolha do tênis de corrida é saber qual é o seu tipo de pisada: pronada ou “pisada para dentro”, com apoio da borda medial do pé; supinada ou “pisada para fora”, com apoio da borda lateral do pé; ou neutra, que se caracteriza pelo apoio uniforme do pé no solo. No mercado existem modelos de tênis específicos para os três tipos de pisadas. Uma escolha equivocada pode acarretar em dores e até possíveis lesões.

A partir daí, pode-se definir o tênis ideal com base na distância que se costuma percorrer. Existem diversos tipos de tênis adequados para diferentes percursos. “No caso dos 21k, o ideal é um calçado que reúna leveza, bom sistema de amortecimento e alta transpirabilidade”, indica Soares.

Segundo ele, o tênis leve proporciona melhor sensibilidade aos pés durante a atividade. O amortecimento ameniza o impacto de cada passo, enquanto que o cabedal mais poroso e a maior distância entre os pontos do nylon ajudam no equilíbrio térmico dos pés, que são a base do corpo.

Outra dica do especialista é revezar dois ou mais pares de tênis. “Se a pessoa é corredora assídua, é importante intercalar os tênis em cada treino”, sugere ele, lembrando que o sistema de amortecimento de um tênis demora, em média, 24h para readquirir seu formato natural.

A vida útil de um par de tênis de corrida pode variar – de 8 meses ou mais – de acordo com o peso do usuário, o terreno em que é utilizado e a manutenção do calçado. “Estreias também devem ser evitadas em dias de provas. Realizando ao menos três treinos com os tênis novos, já dá para adequar os pés ao calçado”, alerta Soares.

Mais informações sobre a 2ª Meia Maratona Fast Run FlexPé Sport/Mogi News pelo telefone 4725-1456; na Internet através do site www.flexpe.com.br/eventos ou pela página da FlexPé no Facebook, em www.facebook.com/flexpe.

Tags: , , ,

0 Comentários

Faça o seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>