Destaques, Eventos

30 jul

‘PIPOCAS’ CAUSAM TRANSTORNOS EM EVENTO ESPORTIVO

às 18h12

Na Meia Maratona Fast Run FlexPé Sport/Mogi News, realizada no último domingo, dia 26, um caso que se tornou comum em corridas de rua chamou a atenção negativamente da Organização do evento.

Pessoas não inscritas na prova participaram da mesma com números de identificação falsos, também chamados ‘números de peito’, que servem para identificar os atletas durante a corrida.

A atitude, aparentemente inofensiva, poderia ter causado transtornos ainda maiores para o evento, caso não fosse percebida a tempo pelos organizadores.

“Tentaram fazer uma cópia dos números originais da prova. O material foi aparentemente plastificado e ainda continha o apelido das pessoas e um desenho de uma pipoca, fazendo menção ao termo usado para denominar a pessoa que corre uma prova sem a devida inscrição”, contou o coordenador técnico da Fast Run, Petre Ivanovici.

A atitude pode soar como irreverente, mas causou complicações para a Organização, que percebeu o trote em tempo hábil. Segundo Ivanovici, medidas já foram tomadas junto ao Conselho Regional de Educação Física (CREF-SP) em relação ao caso.

“Isso atrapalha diversos setores do evento, como os staffs, que estão lá para atender os atletas inscritos; as equipes de árbitros da Federação Paulista de Atletismo (FPA) e de cronometragem; e até o narrador da prova”, salientou Amália Cestari, proprietária da rede de calçados.

Logisticamente, a Organização de uma corrida de rua trabalha para atender um número exato de pessoas no evento. Desde a sinalização até a segurança dos participantes, tudo é minuciosamente estudado e planejado pelos organizadores.

“Ao se inscrever em uma corrida, a pessoa está comprando nosso produto que vai muito além do kit com camiseta e número de identificação. Há ainda o serviço de hidratação, o trabalho de suporte feito pelo staff no dia da prova, o direito de ter seu tempo devidamente homologado pela FPA; e ainda o amparo de uma ambulância – em caso de necessidade. Tudo isso é comprado pelo corredor no momento em que ele realiza a sua inscrição”, esclarece a empresária.

A Organização do evento informa ainda que as Corridas FlexPé Sport/Mogi News são devidamente reconhecidas e homologadas por entidades municipais, Corpo de Bombeiros, Federação Paulista de Atletismo (FPA) e recolhe as devidas custas para a sua realização. Além disso, todos os corredores inscritos participam sob proteção securitária.

Infelizmente, a ação dos ‘pipocas’ tornou-se comum nas corridas de rua. O assunto chegou a ser abordado por Marcos Paulo Reis, diretor técnico de uma das maiores e mais renomadas assessorias esportivas do país – a MPR Assessoria Esportiva – em uma de suas colunas em site especializado.

Mediante a ação dos ‘pipocas’ em corridas de rua, Reis indagou: “Reclamamos de um país de impunidade, de falta de educação, de corrupção. E queremos melhorar tudo isso. Mas será que todo mundo quer mesmo”?

Tags: , , , , , ,

4 Comentários

4 respostas ‘PIPOCAS’ CAUSAM TRANSTORNOS EM EVENTO ESPORTIVO

  1. Lucas Carnaúba

    30 de jul de 2015 às 21:17

    Excelente reflexão!!!

    Lucas Carnaúba de Oliveira

  2. MIRIAN SILVEIRA

    31 de jul de 2015 às 09:08

    E TAMBEM UM PAIS JUSTO PARA TODOS ,MAS OS VALORES DAS INCRIÇÕES SÃO ABSURDOS COMPARANDO COM O SALARIO MÍNIMO ENTÃO …OS PIPOCAS SÃO O MAIS PURO PROTESTO CONTRA OS VALORES ALTOS COBRADOS .

  3. Alberto

    31 de jul de 2015 às 09:50

    O mais interessante é que muitos desses não creem que isto seja corrupção ou no minimo falsidade ideológica. Usar uma estrutura paga por outros da mesma forma que um aluno assina lista de frequencia por outro. É uma prova de que a corrupção está intranhada no modo de vida e precisa ser extirpada. Se querem correr no dia da prova até entendo, mas não usem a estrutura pela qual não pagou.

  4. Andre Luiz

    26 de set de 2015 às 15:13

    Os Pipocas só existe, devido ao lucro abusivo que essas denominadas "empresa" praticam, o que leva uma corrida de rua custar de 70,00 a 100,00..absurdo..!!!

Deixe um Comentário sobre Alberto Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>