Arquivos do Blog

Destaques, Eventos

A rede de calçados FlexPé Sport e o Grupo Mogi News, através do jornal Diário do Alto Tietê (DAT), se unem em mais uma causa nobre e solidária. A parceria promove no próximo dia 4 de outubro, na cidade de Itaquaquecetuba, a IV Corrida Casa da Criança, que visa arrecadar fundos para a instituição Casa da Criança, que há 62 anos atua no município.

Uma parte das inscrições será direcionada para a entidade. A cada inscrição paga, R$5,00 serão revertidos para o programa que atende e acolhe crianças e adolescentes, de 0 a 18 anos, que se encontram em situações de risco.

Os percursos da Corrida serão de 5 e 10km, com largada única, às 8h, do Shopping Pateo Itaquá, que fica na Avenida Ítalo Adami, nº 1.809, no bairro Morro Branco, em Itaquaquecetuba.

Além das duas distâncias, será realizada também a versão infantil da prova, para crianças até 12 anos de idade. Os trajetos da Corrida Kids variam de acordo com a faixa etária dos participantes.

As inscrições para 4ª edição da Corrida Casa da Criança Itaquaquecetuba estão abertas e podem ser feitas em qualquer uma das lojas da FlexPé, em Mogi das Cruzes, Suzano e Arujá; ou pela Internet, no site da FlexPé em www.flexpe.com.br/eventos, através do link do evento; e ainda pela página da rede de calçados no Facebook, em www.facebook.com/flexpe, clicando no link da prova.

As inscrições on-line poderão ser realizadas até o próximo dia 27. O valor é de R$75,00 (R$70 + R$5 para a Casa da Criança) para adultos e R$45,00 (R$40 + R$5 para a Casa da Criança) para crianças. Pessoas a partir de 60 anos têm 50% de desconto.

Na página de inscrições, o interessado pode obter mais informações sobre o evento, o regulamento na íntegra e o mapa de como chegar ao local da corrida.

Tags: , , , , , , ,

Destaques

Já estava sentindo falta das corridas FlexPé, não é mesmo? Então marque na sua agenda: dia 04 de outubro vai rolar a IV Corrida da Casa da Criança de Itaquá! Corra para garantir a sua inscrição nesta prova que vai ser campeã de solidariedade.
A cada inscrição realizada, serão doados R$ 5,00 para a Casa da Criança Zenaide de Souza Lima em Itaquaquecetuba. Esta instituição cuida de crianças e adolescentes em situação de abandono, sendo sustentada apenas por doações.

Clique, inscreva-se e ajude

Entrega de kit:

GERAL: sábado, 03/10, das 10h às 18h. Shopping Pateo Itaquá, Avenida Ítalo Adami, 1.809 – Morro Branco – Itaquaquecetuba.
APENAS NÃO RESIDENTES DE ITAQUAQUECETUBA: domingo, 04/10, das 06h30 às 07h30. Shopping Pateo Itaquá, Avenida Ítalo Adami, 1.809 – Morro Branco – Itaquaquecetuba.

Confira o regulamento AQUI

Tags: , , , , , ,

Destaques, Eventos

Na Meia Maratona Fast Run FlexPé Sport/Mogi News, realizada no último domingo, dia 26, um caso que se tornou comum em corridas de rua chamou a atenção negativamente da Organização do evento.

Pessoas não inscritas na prova participaram da mesma com números de identificação falsos, também chamados ‘números de peito’, que servem para identificar os atletas durante a corrida.

A atitude, aparentemente inofensiva, poderia ter causado transtornos ainda maiores para o evento, caso não fosse percebida a tempo pelos organizadores.

“Tentaram fazer uma cópia dos números originais da prova. O material foi aparentemente plastificado e ainda continha o apelido das pessoas e um desenho de uma pipoca, fazendo menção ao termo usado para denominar a pessoa que corre uma prova sem a devida inscrição”, contou o coordenador técnico da Fast Run, Petre Ivanovici.

A atitude pode soar como irreverente, mas causou complicações para a Organização, que percebeu o trote em tempo hábil. Segundo Ivanovici, medidas já foram tomadas junto ao Conselho Regional de Educação Física (CREF-SP) em relação ao caso.

“Isso atrapalha diversos setores do evento, como os staffs, que estão lá para atender os atletas inscritos; as equipes de árbitros da Federação Paulista de Atletismo (FPA) e de cronometragem; e até o narrador da prova”, salientou Amália Cestari, proprietária da rede de calçados.

Logisticamente, a Organização de uma corrida de rua trabalha para atender um número exato de pessoas no evento. Desde a sinalização até a segurança dos participantes, tudo é minuciosamente estudado e planejado pelos organizadores.

“Ao se inscrever em uma corrida, a pessoa está comprando nosso produto que vai muito além do kit com camiseta e número de identificação. Há ainda o serviço de hidratação, o trabalho de suporte feito pelo staff no dia da prova, o direito de ter seu tempo devidamente homologado pela FPA; e ainda o amparo de uma ambulância – em caso de necessidade. Tudo isso é comprado pelo corredor no momento em que ele realiza a sua inscrição”, esclarece a empresária.

A Organização do evento informa ainda que as Corridas FlexPé Sport/Mogi News são devidamente reconhecidas e homologadas por entidades municipais, Corpo de Bombeiros, Federação Paulista de Atletismo (FPA) e recolhe as devidas custas para a sua realização. Além disso, todos os corredores inscritos participam sob proteção securitária.

Infelizmente, a ação dos ‘pipocas’ tornou-se comum nas corridas de rua. O assunto chegou a ser abordado por Marcos Paulo Reis, diretor técnico de uma das maiores e mais renomadas assessorias esportivas do país – a MPR Assessoria Esportiva – em uma de suas colunas em site especializado.

Mediante a ação dos ‘pipocas’ em corridas de rua, Reis indagou: “Reclamamos de um país de impunidade, de falta de educação, de corrupção. E queremos melhorar tudo isso. Mas será que todo mundo quer mesmo”?

Tags: , , , , , ,