Arquivos do Blog

Destaques

Geralmente, a maioria das pessoas se matricula em uma academia para atingir metas como emagrecer ou ganhar músculos, mas há muitos outros motivos que podem ser benéficos além da estética. Veja algumas outras razões para ir à academia:

Corpo e mente: sabemos que os exercícios trazem efeitos para o corpo, mas também beneficia a mente. Estudos sugerem que o exercício físico promove a função cognitiva do cérebro e até reforça a memória. Malhar depois de estudar também pode ajudar você a guardar a matéria estudada na cabeça, informa a revista Scientific American.

Sono: uma boa noite de sono é um dos principais passos para uma vida saudável, e começar o dia com exercícios pode ajudar nesse quesito. Estudos mostram que atividades físicas pela manhã melhoram a qualidade do sono no período noturno.

Vida sexual: uma rotina de exercícios físicos também auxilia em sua vida sexual, trazendo mais autoconfiança. Um estudo de 2015 constatou que os homens que se exercitam mais sentem melhoras em sua função sexual total.

Bom dia: acordar cedo e praticar exercícios não é sempre tão fácil, mas essa prática causa uma injeção de ânimo e melhora de humor para o restante do dia.

Novas amizades: entre um aparelho e outro na academia, sempre rola aquele bate-papo com os “desconhecidos” que com os treinos vão se tornando amigos. Um parceiro nos treinos ajuda a praticar de forma correta e traz motivação para alcançar as metas, além de ser uma boa distração entre as séries de exercícios.

 

Tags: , , , , , ,

Bem-estar, Destaques, Esporte, Saúde

Novas pesquisas apontam que o desempenho dos atletas durante os treinos varia de acordo com o relógio biológico e não com o horário externo, como diziam as antigas pesquisas, que mostravam que quem treina logo cedo ou no início da noite tinham melhores resultados.
Este estudo diverge da ideia de que o que importa é a hora do dia em que a atividade física ocorre e converge para o horário biológico de cada atleta.

Os resultados apontaram que os que acordam muito cedo e os com perfil intermediário tinham curvas de desempenho muito parecidas ao longo do dia, chegando ao ápice da performance após 5 ou 6 horas depois de acordarem. Já os que dormem muito tarde e acordam mais tarde, demoravam cerca de 11 horas para atingir o pico.

Lembrando também que o relógio biológico de cada um é modificável, por exemplo, acordar cedo pode virar um hábito depois de um certo tempo, apesar de ser pouco agradável para alguns.

Fonte: Vogue

Tags: , , ,

Alimentação, Bem-estar, Destaques, Saúde

Você vai na academia, corre, malha, pratica esportes e tem uma alimentação saudável, mas no final do mês a balança não te mostra resultados animadores? Listamos alguns hábitos que podem prejudicar o seu emagrecimento. Olha só:

-Está sendo inconstante: você malha de vez em quando, se alimenta adequadamente às vezes, mas no outro dia você pega pesado na academia e come de três em três horas e corretamente. Para você conseguir manter o ritmo de emagrecimento e também a sua saúde, é necessário que a alimentação e exercícios sejam constantes.

-Você está ganhando músculos: peso e gordura são duas coisas completamente diferentes. Não confie somente na balança, pois conforme você se exercita, mais os seus músculos se desenvolvem, porém, eles também pesam. Lembre-se: quanto mais desenvolvidos os seus músculos mais gorduras você irá queimar.

-Faz sempre os mesmos exercícios: para que haja a queima de gorduras e que você consiga potencializar o emagrecimento é necessário mudar os desafios e exercícios. O corpo humano, após certo tempo desenvolvendo a mesma atividade, faz com que ele se acostume, não gastando mais calorias e, assim, dificultando a perda de peso.

-Você pula o café da manhã: se você fica sem comer pela manhã, o seu metabolismo fica mais lento, facilitando o ganho de peso, pois na próxima refeição o seu corpo irá absorver todas as calorias em dobro para dar energia para o organismo.

-Consome bebidas diet: estudos recentes garantem que ingerir bebidas diet é equivalente à mesma quantidade de açúcar que você ingeriria caso consumisse bebidas normais.

-Não consome carboidratos: consuma carboidratos regularmente, sem exageros, para garantir a energia para o seu corpo. Se você os eliminar completamente, o seu corpo irá usar as reservas de energia, e quando se alimentar, irá absorver muito mais gorduras, dificultando o emagrecimento.

Fonte: Revista Marie Claire

Tags: , , ,