Arquivos do Blog

Destaques, Moda

As sapatilhas são as maiores aliadas das mulheres quando o assunto é conforto, praticidade e beleza. Mas, para elas estarem sempre belas, é preciso ter o cuidado necessário com cada modelo e, por isso, nós temos algumas dicas para ajudar você a cuidar dos seus amores:

Sapatilha de camurça

A camurça é um tecido delicado que merece atenção redobrada na hora de limpar e também guardar para manter sua cor original. O ideal é evitar o contato com sujeira e água. Para limpar, passe uma escova com cerdas de nylon de maneira suave – uma escova de dentes macia pode ser uma opção. A borracha escolar é a carta na manga para tirar as manchas do dia a dia e até da escovação. Se mesmo assim as manchas persistirem, umedeça a escova com água morna e passe novamente. Dica: aplique uma camada de spray protetor de camurça antes de usar as sapatilhas pela primeira vez e sempre que limpá-las.

Sapatilha de plástico

O plástico é mais resistente e, portanto, a sua limpeza é mais simples. Basta molhar a sapatilha e escová-la com uma escova de cerdas macias com sabão neutro. Para modelos flocados ou com glitter, umedeça um pano e esfregue suavemente nas partes interna e externa.

Sapatilha de couro

Como o couro também é um material sensível, o ideal é evitar sujeiras pesadas e utilizar uma flanela limpa e seca para limpar as sapatilhas. Use produtos específicos para manter o couro sempre hidratado – isso ajuda a manter a vida útil do calçado.

Imagem: ThinkStock

Tags: , , , , , , ,

Bem-estar, Destaques, Saúde

Existem muitos e muitos modelos de sapatos de bico fino, mas alguns apertam os dedos e podem causar dores e incômodos. A dúvida é: será que o sapato causa joanete? Segundo ortopedistas, sim!

Alguns modelos possuem a ponta do sapato muito estreita, apertando muito os pés. Assim, o risco de desenvolver joanetes é maior. Isso acontece porque o bico fino comprime a estrutura dos dedos, principalmente dedão e dedinho, desviando o osso metatarsiano, o que gera a aparência de um calo.

Para você entender melhor, joanete não é um osso novo que surgiu, mas sim uma deformidade óssea que causa muita dor, desconforto e até rigidez do dedo deslocado. Sapatos inapropriados, herança genética, doenças autoimunes, anatomia anormal dos pés e pisada errada são alguns fatores que também podem colaborar para o surgimento de joanetes.

O tratamento normalmente é baseado no uso de sapatos confortáveis, protetores e até cirurgias.

Mas, calma. Existem modelos bonitos e confortáveis para você usar. Não é para você parar de usar sapatos de bico fino de uma hora pra outra. Mas sim analisar se o modelo que você tem em casa aperta os dedos dos seus pés. Se este for o caso, troque os sapatos.

O importante é evitar usar calçados que apertem os dedos e causem algum desconforto, além de procurar o acompanhamento de um ortopedista assim que surgir alguma dor ou mudança na estrutura dos pés.

Tags: , , , , ,

Destaques, Moda

O sapatênis é aquela peça coringa e confortável não tão informal para um tênis e nem tanto formal para um sapato. Versátil, o calçado une elegância e conforto servindo bem para o dia e para a noite, basta saber combinar. E é aí que está o “problema”…

Muitas pessoas erram nas combinações e acabam deixando o visual sem harmonia. Por isso, nós juntamos algumas dicas do que não fazer quando for usar sapatênis:

- Não use com calças sociais ou largas. Prefira modelos jeans ou de sarja ajustados ao corpo;

- Nem sempre é o momento mais indicado para o sapatênis. Então não use sempre. Prefira ocasiões informais como passeios em shopping, casual day no trabalho;

- Evite destoar o visual com uma peça muito descolada, como bonés, o tom do sapatênis não combina com isso. Prefira um chapéu panamá ou fedora;

- Se for usar com bermuda, não coloque meias altas. O mais indicado são as meias curtas  (soquete) que quase não aparecem com o sapatênis calçado;

- Vale reforçar, não use sapatênis no lugar do sapato em trajes sociais.

Tags: , , , ,