Arquivos do Blog

Destaques

Segurar a barra, fazer piada, saber dos seus segredos e apelidos que você não gosta e ainda estar juntos nos melhores e nos piores momentos da sua vida. Pois é, além disso, a amizade tem outra função importante: ela faz bem à saúde física e mental!

Pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte analisaram dados combinados de quatro pesquisas mostrando a rotina dos participantes desde a adolescência até a velhice, cruzando informações de indicadores essenciais que contribuem para o desenvolvimento de problemas de saúde como doenças cardíacas, acidente vascular cerebral e câncer.

Durante a adolescência, por exemplo, o isolamento social aumentou o risco de inflamação e do sedentarismo. Já os mais integrados socialmente obtiveram uma proteção maior contra a obesidade. Na velhice, por sua vez, o isolamento social mostrou-se prejudicial ao desenvolvimento e controle da hipertensão — mais do que o diabetes, o que também é confirmado por outro estudo, da Escola de Saúde Pública de Harvard, em que homens idosos com muitos amigos têm no sangue uma concentração muito menor da substância interleucina-6 (que causa inflamação e é considerada fator de risco para doenças cardiovasculares), em comparação com os homens mais solitários da mesma faixa etária.

E não para por aí: uma pesquisa australiana apontou que pessoas com uma rede estabelecida de amigos vivem 22% mais tempo do que aqueles que se isolam. Já a Harvard Medical School diz que quando um amigo está contente, a chance de você começar a rir à toa é de 60%. Ou seja, amigo é coisa pra se preservar!

Ok, você já entendeu o recado, certo? Aproveite cada oportunidade de juntar os amigos de infância e bora curtir a vida com mais saúde.

Tags: , , , ,

Bem-estar, Destaques, Saúde

Pesquisas americanas demonstraram diferenças nos homens ativos quando comparados com sedentários no aparecimento e cura da doença, que atinge exclusivamente a população masculina. Os números afirmam que, quando fisicamente ativo, a porcentagem de morte pelo câncer chega a 30%.

As pesquisas, que foram realizadas em animais, demonstraram que o exercício físico regular diminui o crescimento de tumores digestivos, estabelecendo um verdadeiro efeito protetor contra vários tipos de câncer. No caso da Hiperplasia Benigna da Próstata, por exemplo, os indivíduos físicos têm quase 60% a menos de chance de ocorrer antes dos 65 anos, passando a acontecer só com mais idade.

De acordo com Stacey Kenfield, pesquisador da Universidade de Harvard e do Centro de Pesquisas do Hospital Brigham and Women’s Hospital, nos Estados Unidos, os portadores de câncer de próstata, mesmo depois de serem diagnosticados, podem ter uma mudança positiva na qualidade de vida se realizarem, no mínimo, 15 minutos diários de exercícios aeróbicos moderados, como caminhadas, corridas e ciclismo.

Outro ponto importante é que os exercícios funcionam também como uma verdadeira química antidepressiva, comum nesses casos. Mais tempo de atividades físicas e mais intensas, como no trote são imprescindíveis na prevenção desse tipo de câncer, como também na saúde em geral. E aí, tá esperando o que para garantir mais saúde?

Fonte: Eu Atleta

Tags: ,

Alimentação, Destaques, Saúde

Tem gente que não gosta, mas tem gente que adora! Quem diria que a canela, descoberta há milhares de anos e utilizada para complementar as receitas em geral, seria uma grande aliada da nossa saúde e bem-estar.

De acordo com os nutricionistas, o alimento tem uma grande capacidade de modular as funções metabólicas no organismo, como melhorar o aproveitamento de energia, regular os níveis hormonais, contribuir para o bom funcionamento do sistema digestivo e também ajudar a combater micro-organismos estranhos.

Além disso, a canela ainda melhora o aproveitamento da energia (glicose) no sangue, apresenta ações que modulam os níveis do hormônio do estresse e tem ações digestivas e antissépticas.

Sem contar nos outros benefícios extras, que incluem propriedades desintoxicantes, anti-inflamatórias, termogênicas e auxiliares no aproveitamento de glicose. No caso de atletas em geral, o consumo de canela ajuda tanto no aumento de energia durante o treino, como na manutenção da saúde cardiovascular e muscular.

Em relação ao consumo ideal, os especialistas recomendam três colheres de café por dia. Já que nem todo mundo é fã da iguaria, a dica é acrescentar a frutas e sucos nos lanches que intercalam as principais refeições diárias.

Lembrando que, antes de consumir qualquer produto com mais frequência, é preciso se consultar com uma nutricionista para avaliar se o alimento é ou não indicado. Depois da liberação, é só aproveitar!

Conhece alguma receita saborosa e saudável que leve a canela como complemento? Conte pra gente!

Fonte: o2 Por Minuto

Tags: ,