Arquivos do Blog

Alimentação, Bem-estar, Destaques, Saúde

Nada melhor do que chegar em casa ao fim do dia e se jogar na cama, não é? Dormir, pra muitos, é a melhor coisa do mundo. Mas muitas pessoas deitam na cama e não conseguem descansar bem – a famosa insônia.

Isso acontece porque enquanto dormimos, nós descansamos, mas o organismo continua trabalhando com inúmeras regulações metabólicas e hormonais. Estes processos podem atrapalhar o seu sono, mas aí vem a notícia boa: você pode aliviar esse problema e melhorar a qualidade do seu sono com alguns alimentos.

Uma alimentação saudável impacta diretamente em sua saúde, inclusive no combate à insônia. Confira alguns alimentos que ajudam a melhorar o sono:

Banana: fonte de vitaminas do complexo B, B6 e magnésio, a banana também é rica em triptofano que possui papel importante na produção de serotonina e melatonina. Estas substâncias são fundamentais, pois se encarregam das sensações de prazer e sonolência.

Semente de gergelim: ela é rica em vitamina B6 e fundamental para converter o triptofano em serotonina. Além disso, o consumo de gergelim também contribui para a saúde dos ossos, uma vez que ela também é uma fonte de cálcio.

Aveia: também é uma boa fonte de triptofano e um dos poucos cereais que possuem melatonina. Para potencializar o efeito da melatonina, uma dica é dormir em ambiente completamente escuro – sem luz, este hormônio potencializa a sua ação.

Arroz integral: o carboidrato ajuda a regular os níveis de serotonina e melatonina no organismo, fazendo com que a noite de sono seja mais profunda.

Ervas: camomila, erva-doce e capim-limão são ervas naturais com propriedades calmantes. Consuma regularmente chás destas ervas para favorecer a vasodilatação, causando um relaxamento corporal importante para o sono.

Tags: , , , ,

Bem-estar, Destaques

Disposição e sono são palavras que andam juntas. Muitas vezes, ao escutar o despertador, as pessoas já começam o dia sem disposição, só começando a funcionar no fim da manhã ou começo da tarde.

Na maioria das vezes, a dificuldade para acordar bem disposto tem um grande culpado: a privação de sono. Ela pode ser prejudicial ao rendimento e à saúde, causando problemas de memória, humor, falta de atenção e, é claro, sonolência. Por isso, separamos 8 dicas para tornar a tarefa de acordar com disposição mais fácil.

Tenha horários constantes
O corpo pode não ser exato, mas ele é regido por um relógio biológico. Manter uma hora certa para dormir e acordar ajuda a regular um pouco mais nosso corpo que vai aprendendo a hora certa de estar desperto ou sonoloento.

Use e abuse da luz
Um dos reguladores do relógio biológico é a luz, e o sol é um excelente indicador para o corpo que está na hora de acordar.

Relaxe antes de dormir
O mais indicado é não fazer atividades estimulantes. Trabalhar, ver televisão, navegar na internet, jogar videogame, tudo isso excita a mente e deve ser evitado horas antes de dormir.

Não enrole na cama
Ao enrolar na cama, você tira a sensação que lá é um local de sono, o que pode dificultar a chegada do sono à noite.

Nada de botão soneca
Ele pode fazer mal, porque se tem um sono fracionado, que é de segunda qualidade, e acaba-se dizendo ao corpo que ele pode dormir assim, o que não é certo.

Atividade física pela manhã
A atividade faz muito bem à saúde, e quando feita logo cedo, colabora para a disposição.

Atenção ao cardápio
Os alimentos também influenciam no sono, especialmente a cafeína, que afasta a sonolência. Além disso, pesquisas indicam que proteínas pela manhã podem aumentar características como atenção e memória logo cedo.

Consulte um especialista
Se mesmo com todas essas dicas, está difícil conseguir acordar cedo e com disposição, talvez esteja na hora de buscar ajuda profissional.

Fonte: Minhavida

Tags: , , , ,

Destaques

Todo mundo sempre quer mais cinco minutinhos de sono quando tem que acordar de manhã, ou tirar aquele cochilo depois do almoço… Mas saber que dormir faz bem para o coração torna o sono ainda mais prazeroso.

Segundo um estudo holandês, sete ou mais horas de sono por dia podem trazer benefícios para o coração quando combinados a um estilo de vida mais saudável. Seguir uma dieta saudável, não fumar, beber com moderação e fazer exercícios regularmente pode amenizar o risco de mortes causadas por doenças cardiovasculares, mas se junto a tudo isso as pessoas tivessem boas noites de sono, mais vidas ainda poderiam ser salvas.

Estudantes da Universidade Wageningen e do Instituto Nacional de Saúde Pública e Meio Ambiente da Holanda acompanharam 14 mil homens e mulheres durante 10 anos e concluíram que: as pessoas que seguiam hábitos saudáveis tinham 57% menos chances de desenvolver doenças cardiovasculares e risco 67% menor de morrer desses males.

Ao final do estudo, publicado no European Journal of Preventive Cardiology, 600 haviam sofrido de doenças cardiovasculares ou infarto e 129 haviam morrido.

Quando sete ou mais horas por dia foram adicionadas à equação, os analisados tinham 65% menos chances de desenvolver problemas do coração e um risco 83% menor de morrer.

Muitas pesquisas já indicavam uma relação entre a má qualidade de sono e doenças cardiovasculares, mas esta pesquisa é a primeira a investigar se hábitos saudáveis somados a boas noites de sono podiam reduzir o risco de morte por doenças do coração.

Ao comentar o estudo, o professor Grethe Tell, da Universidade de Bergen, Noruega, afirmou que “sob o ponto de vista da saúde pública, as pessoas devem ser encorajadas a dormir bem e, assim como qualquer outro hábito de vida saudável, isso deve ser ensinado em casa”, afirmou.

Tags: , , ,